Login  |  Registo  |  Pedidos

  
  
  
  

Curiosidades


 ♦

 

A segunda bebida mais consumida no mundo depois da água, tem uma história deliciosa que

começou na China há mais de cinco mil anos e que proliferou para os quatro cantos do mundo, onde

continua a ser, ainda hoje, muito apreciada.

Um acaso que deu chá ...


Reza a história que no ano 2737 a.C., o imperador chinês Shen Nung e a sua corte estariam a

fazer uma pausa durante uma viagem e, enquanto esperavam que os criados fervessem água para

beber (o imperador era muito higiénico!), algumas folhas de um arbusto terão caído dentro da

mesma, produzindo um líquido acastanhado. O imperador, que também era cientista, ficou com a

curiosidade aguçada e resolveu experimentar a bebida, que classificou como muito refrescante.

Assim nasceu o chá, que rapidamente conquistou os habitantes desse país, deixando muitas provas

históricas: escavações arqueológicas encontraram recipientes de chá nos túmulos da dinastia Han

(206 a.C.–220 d.C.), no entanto, foi durante a dinastia Tang (618-906 d.C.) que o chá tornou-se na

bebida oficial da China.

À medida que o chá se tornava cada vez mais parte integrante da cultura religiosa, passou a ser

difundido para além das fronteiras chinesas. Foi o que aconteceu no Japão, onde foi apresentada

esta bebida fumegante graças a alguns monges budistas japoneses que, depois de terem estado na

China a estudar, tiveram a oportunidade de observar a importância que o chá tinha na meditação

religiosa, para não falar do seu agradável sabor! Neste país, porém, o chá passou a ser muito mais

do que uma simples bebida aconchegante, atingindo mesmo o estatuto de uma forma de arte, com

direito a cerimonia própria (o "Cha-no-yu")!

Foram construídos edifícios específicos para albergar esta cerimonia, onde o objectivo era

preparar e servir o chá da forma mais perfeita, mais graciosa e mais charmosa possível, um ritual

que demorava anos a aprender e a aperfeiçoar. Esta arte praticada inclusive pelas célebres

gueishas tornou-se tão popular que chegaram-se a realizar torneios com prémios aliciantes (desde

jóias e seda a armaduras e espadas)!

 

 

 

 


 

Uma portuguesa em Inglaterra

Por incrível que pareça, o chá apenas chega a Inglaterra em 1652 e pela mão

da portuguesa Catarina de Bragança. Filha do Rei D. João IV e da Rainha D.

Luísa de Gusmão, a princesa portuguesa casa com o Rei Carlos II e

apresenta aos ingleses a sua bebida predilecta – o chá – que se torna a

bebida mais popular na corte e, mais tarde, no resto da classe alta. A

Inglaterra fez a sua primeira encomenda de chá (cerca de 50 kg!) à

Companhia da Indía Oriental em 1664.

 

 


 


 

 

A História do Chá das Cinco

  “Há poucas horas na vida mais agradáveis do que a hora 

dedicada à cerimónia conhecida como chá da tarde.”

Henry James

Originário da China, o chá foi introduzido na Europa pelos portugueses no século

XVI. Conhecido como um hábito tipicamente britânico, o “chá das cinco” foi

introduzido na corte inglesa por Catarina de Bragança, princesa portuguesa, filha

de D. João IV, quando esta casou com Carlos III de Inglaterra.

No entanto, só por volta do ano de 1830 é que esta tradição foi completamente

implementada pelos ingleses, com a ajuda da Duquesa de Bedford, que considerava

o “chá das cinco” uma oportunidade para exibir maravilhosas peças de porcelana e

prata. Como consequência, foram criadas regras de etiqueta para o serviço de chá

e receitas que fariam parte do cardápio.

 

 

 


 

Qual a diferença entre Chá, Infusão, Infusões e Tisana?

 

Chá

Infusão de folhas secas da planta Camellia sinensis, onde os

vários gostos, aromas e coloridos resultam de misturas criteriosas de

diferentes  variedades e pecíolos.

 

Infusão

Ato de verter água a ferver sobre plantas, com o intuito

de lhes extrair substâncias ativas (é deste modo que se deve fazer o chá).

  

Infusões

São todas as outras bebidas feitas a partir da imersão de

folhas, flores e frutas em água quente. 

 

Tisana

"Chá de ervas" é frequentemente utilizado para designar

todas as infusões feitas a partir de diferentes partes de plantas,

para determinada prescrição.

 

 



 

 

Fonte de inúmeras curiosidades que vale a pena conhecer…

 

 Na  antiga China e Sibéria, o chá  era muitas vezes

utilizado como moeda de troca, tendo um valor tão elevado como o próprio dinheiro.

A  segunda bebida mais consumida  no mundo depois da água,

estima-se que diariamente são saboreadas mais de 3 biliões de chávenas de chá.

Num  dia de trabalho, uma pessoa  com experiência na apanha

das folhas de chá pode recolher cerca de 32 quilos de chá,

o que dá para preparar 14 mil chávenas de chá.

Em termos de  benefícios de saúde e sabor irrepreensível, 

o Chá solto é melhor do que o chá em saqueta.

Existem dezenas de idiomas no mundo que designam a palavra chá como “cha”.

Uma chávena de chá branco tem a mesma quantidade de antioxidantes

que 10 copos de sumo de  maçã.

Um chá que já passou o seu prazo de validade pode ser

utilizado para fertilizar as plantas ou como inibidor de odores no frigorífico.

A saqueta de chá foi criada no início do século XX pelo comerciante

novo iorquino Thomas Sullivan e um pouco por acaso,

já que enviar amostras de chá aos seus clientes em latas de metal

começou a revelar-se muito dispendioso, assim resolveu

embrulhar as folhas em pequenas saquetas de gaze.

Os clientes, um pouco confusos com a apresentação do chá,

lançaram a saqueta para dentro da água a ferver e o resto,

como se costuma dizer, é história.

O iced tea nasceu nos Estados Unidos aquando da St. Louis World’s Fair em 1904.

Richard Blechynden participou na feira como forma de promover o seu chá

e quando uma vaga de calor assola a região, Richard  Blechynden teve

a ideia de adicionar gelo ao seu chá quente e assim nasceu o iced tea.

Existem  cerca de 3 mil variedades de chá.

Durante a 2ª  Guerra Mundial, os  soldados britânicos

faziam uma pausa nas batalhas para saborearem uma chávena de chá.

No Tibete, o chá é praticamente considerado

uma bebida sagrada.

O chá preto é o tipo de chá mais produzido, consumido

e exportado em todo o mundo.

Todo e qualquer tipo de chá é proveniente de uma única

espécie de planta a Camellia Sinensis.

O que varia é o  processo de crescimento e a oxidação ou não das folhas.

Uma planta Camellia Sinensis pode chegar a uma altura de

9 metros se não for devidamente cuidada.

Uma planta Camellia Sinensis pode produzir folhas de chá

durante cerca de 50 anos.

A saqueta de chá mais cara de todos os tempos foi produzida

pela empresa britânica de chá PG TIPS  aquando do seu 75º aniversário

–a saqueta continha uma edição limitada de folhas de chá

premium e 280 diamantes. Custava aprox. €8,575

e o seu valor reverteu a favor de um hospital para crianças no Reino Unido.

O termo “colher de chá” tem tudo a ver com chá como o o tamanho da colher

era perfeito para medir chá solto, ficou conhecida como “teaspoon”ou colher de chá.

 

 

  
  



  

Newsletter

 
Quer receber por email notificações de promoções, ofertas ou novidades?